quinta-feira, 10 de agosto de 2017

Dicas J-Pop: Wagakki Band, ASKA, Sachiko Kobayashi e mais!

Uma seleção musical com grandes talentos da música japonesa, em vídeos recentes!
Em sentido horário: Wagakki Band (topo), ASKA, Mr. Children e
Sachiko Kobayashi c/ o baixista Asa. Ao centro, Bump of Chicken.

Oi, pessoal, tudo ok?

Aqui no Blog Sushi POP, um dos meus assuntos favoritos é música. Tenho um gosto musical bem variado, e quando falo de música pop japonesa, a regra (ou falta de) é a mesma. Gosto de melodias e arranjos de bom gosto e tento indicar muita coisa que acho interessante. 

Desta vez, as indicações não incluem nenhum nome novo, pelo contrário. São todos nomes respeitados e consagrados que, à exceção de grande uma estrela da música enka, já apareceram aqui no blog. 

Então, vamos às dicas! Divirta-se e não deixe de colaborar deixando seus comentários, ok? 

Cuidem-se e até mais!
♫ ♫ ♫ ♫ ♫ ♫ ♫

Episode.0 - Wagakki Band

A música foi lançada originalmente pelo astro de J-Rock Camui Gackt em 2011, quando chegou ao terceiro lugar na parada de sucessos semanal medida pela Oricon. Essa composição de Gackt foi criada para promover o Gackpoid, um personagem Vocaloid (sintetizador de voz) programado a partir da voz do astro. 
Wagakki Band
A Wagakki Band já vinha cantando "Episode.0" desde 2014, mas essa apresentação de 2017 tem uma aura épica fabulosa. 

O grupo foi formado em 2013 por Yuko Suzuhana (voz), Machiya (guitarra e voz), Asa (baixo e voz), Beni Ninagawa (shamisen), Daisuke Kaminaga (flauta shakuhachi)Kiyoshi Ikuburo (kotô), Kurona (wadaiko) Wasabi (bateria). 

São admirados por sua combinação performática de rock com instrumentos tradicionais e o difícil canto em estilo shigin da professora Yuko Suzuhana. 





♫ ♫ ♫ ♫ ♫ ♫ ♫

Yoshiwara Lament - Sachiko Kobayashi e Asa (20/ 07/ 2017)

Sachiko Kobayashi é uma das maiores cantoras do estilo tradicional enka, com mais de 50 anos de carreira. Aos 63 anos e ainda muito bonita, fez um dueto memorável com Asa (leia "Assa"), o andrógino e estiloso baixista da Wagakki Band. Ele tem uma carreira solo paralela ao trabalho na banda, onde mostra mais seu talento como cantor e compositor. 
Sachiko Kobayashi e Asa
A canção, escrita por Asa, foi lançada em 2014 para uma Vocaloid chamada Kasane Teto. (Veja o clipe da canção original aqui.)

A música também tem sua versão pela Wagakki Band (veja aqui). 





♫ ♫ ♫ ♫ ♫ ♫ ♫

Answer - Bump of Chicken (06/ 04/ 2017)

A canção "Answer" foi lançada digitalmente no final de 2016, mas o clipe oficial só apareceu mesmo em abril de 2017. É o tema de abertura da versão em animê do mangá Sangatsu no Lion (3月のライオン), publicado no Brasil pela Panini Comics/ Planet Manga. Já a série de TV está disponível oficialmente por aqui via Crunchyroll. 
Bump of Chicken
O Bump of Chicken foi formado em 1994 por Motoo Fujiwara (voz e guitarra), Hiroaki Masukawa (guitarra), Yoshifumi Naoi (baixo) e Hideo Masu (bateria), o Bump of Chicken é mais ligado ao cenário alternativo. É deles também a canção GO, tema de abertura da série de TV GRANBLUE Fantasy The Animation (2017). 




Compre na iTunes Store.
♫ ♫ ♫ ♫ ♫ ♫ ♫

[himawari] - Mr. Children (26/ 07/ 2017)

Uma das maiores bandas de todos os tempos no Japão, o Mr. Children surgiu em 1988. Formado por Kazutoshi Sakurai (voz), Kenichi Tahara (guitarra), Keisuke Nakagawa (baixo) e Hideya Suzuki (bateria), o grupo já vendeu mais de 50 milhões de gravações. 
Mr. Children
Seus sucessos independem de integrar ou não trilhas sonoras e cada lançamento vai direto aos primeiros lugares das paradas. Tanto sucesso não é à toa. Caso raro de engajamento político e ambiental, o Mr. Children é respeitado dentro e fora do mundo da música japonesa. 

O vídeo abaixo é só um preview de uma nova canção, mas postei porque é do canal oficial deles. O Mr. Children é uma das bandas mais vigiadas pelos empresários no YouTube e é difícil postar um vídeo não-oficial sem que ele seja tirado rapidamente do ar.




♫ ♫ ♫ ♫ ♫ ♫ ♫

Reharsal - ASKA (14/ 07/ 2017)

Canção extraída de Too many people, o álbum que marcou o retorno do astro à música, após o período de reclusão devido à sua prisão por porte e uso de drogas


ASKA
Ele já anunciou que em outubro, lança mais um álbum, que vai se chamar Black and WhiteEle se recusou a aceitar o esperado fim da carreira após o escândalo na mídia e não parou de criar enquanto esteve afastado. Mas, apesar de tudo, ele ainda é uma figura controversa devido ao caso, que em seu país geralmente é sentença de morte para uma carreira de sucesso. Ele está lutando muito contra isso e mostrando um trabalho de alta qualidade. 



Orange no Umi - ASKA (21/ 07/ 2017)

Ainda sobre o ASKA, foi divulgada uma prévia de outra canção, a "Orange no Umi" ("Mar laranja"), que estará no próximo disco. Note que no final, aparece uma foto dele com CHAGE, em início de carreira. Será que é um aviso de que um reencontro da famosa dupla está próximo? De qualquer forma, o álbum Black and White será lançado em 25 de outubro, coroando o renascimento artístico de um nome lendário do cenário J-Pop. 



♫ ♫ ♫ ♫ ♫ ♫ ♫

Campanha Sushi POP no Apoia.se

Você gosta do conteúdo deste blog? Pois você pode apoiar a produção e continuidade do Sushi POP colaborando com a campanha do Apoia.se. 


A partir de R$ 5,00 mensais você contribui com a pesquisa e difusão da cultura pop japonesa e ainda ganha um desenho exclusivo. 


- Saiba como funciona: apoia.se/sushipop

4 comentários:

Usys 222 disse...

Ah, Sachiko Kobayashi! A grande Diva da música japonesa! Sempre em constante evolução para conquistar novos públicos! Tanto que ela tem sua própria Vocaloid, a SACHIKO.

Ela é bem conhecida por suas apresentações suntuosas, especialmente no NHK Kohaku Utagassen e esse chega a ser uma das grandes atrações do programa. Isso sem falar que ela é muito bem humorada. Sou fã dela desde pequeno e é bom ver que continua firme e forte na ativa.

E ASKA está dando um exemplo de como se reerguer! Ele não desistiu e quer reconquistar seu lugar! Torço mesmo para que ele retorne e retome a parceria com o CHAGE. Se bem que mesmo sozinho ele consegue ser bom. Os comentários do vídeo são bem favoráveis e o novo disco tem tudo para ser um grande sucesso.

Alexandre Nagado disse...

Fala, Mr. Usys!

A Sachiko Kobayashi tem sua própria vocaloid? Não sabia, então ela é mesmo antenada com as novidades. Ela não parou no tempo, faz parcerias bem interessantes, como essa com o Asa e - nunca é demais dizer - ainda é bonita e charmosa.

Curto CHAGE and ASKA há uns 25 anos e já estou feliz em ver o Aska produzindo muito e com tanta qualidade. Ele está fazendo o certo, trabalhando duro para reconquistar seu espaço. Ver a dupla reunida seria realmente fantástico e coroaria de sucesso esse verdadeiro renascimento.

Valeu! Abraço!

Bruno Seidel disse...

Excelentes sugestões! Algumas ali eu só conheci graças ao blog aqui e assino embaixo.
Curto muito o trabalho da Wagakki Band, que além de apresentar boa música, dá um show à parte no aspecto visual e no estilo. Também gosto demais do trabalho solo da Yuko Suzuhana (outra que eu só descobri que tinha um trabalho autoral graças ao blog).

E o ASKA merece sempre um lugar de destaque. É talvez o artista pop japones que eu acompanho e admiro há mais tempo (no caso, da época em que ainda formava dupla com o Chage, claro). Escândalos e vida pessoal à parte, o talento dele é inegável e sua tentativa de reerguer-se em meio a essa tempestade é digna de admiração.

Grande abraço!

Alexandre Nagado disse...

Fala aí, Sr. Bruno!

Pela internet, já vi muita gente comentando achar descabido o que acontece quando um artista japonês "sai dos trilhos". Realmente, a relação "artista x público" lá é algo sem paralelos no mundo. Os artistas são idolatrados e, quando "traem" as expectativas do público, o amor vira ódio, muitas vezes desenfreado. E os empresários morrem de medo dessas reações. Imagine que, quando estourou o escândalo, ia sair uma coletânea em Blu-ray do Studio Ghibli. Por conta do caso, o clipe "On Your Mark", que Hayao Miyazaki dirigiu pra Chage and Aska, foi retirado da coleção. Absurdo, não é? Mas isso foi só uma pequena parte.

ASKA é artista de verdade, não depende de modinhas e esquemas de gravadora e está provando isso. Só acho uma pena que este blog seja o único brasileiro a tratar música japonesa com seriedade. O resto se restringe a idols, roqueiros posers e temas de anime. E ainda assim, se prendem à assessoria de imprensa, divulgando quem entrou, quem saiu, qual é o hit do momento... Por mais que isso tudo possa ser legal, o universo musical japonês é MUITO amplo e continuarei a mostrar isso por aqui.

Valeu!
Abraços!