sexta-feira, 31 de março de 2017

Ultraman The Rocks - O triunfo da Katokutai

Uma banda de rock do cenário independente japonês é oficializada pela produtora dos Ultras e grava um álbum épico e comemorativo. 
Ultraman The Rocks - Uma vibrante homenagem ao
Universo Ultra. No destaque, Ultra Seven, que completa
50 anos de estreia em 2017.
Tem bandas que a gente aprende a gostar, a curtir. E tem banda que a gente acaba virando torcedor. É o caso da Kagaku-Tokusoutai (科楽特奏隊), uma banda que surgiu no cenário independente japonês e que já foi tema de post aqui no Sushi POP duas vezes (links no fim do post). 

O nome é a denominação original da Patrulha Científica, a equipe que aparecia na série do primeiro Ultraman (1966~67). O conjunto também é frequentemente chamado pelo apelido Katokutai Band. Para divulgação no exterior, eles resolveram usar SSSP (a sigla original da Patrulha Científica - Special Science Search Party), que para eles significa Science Sound Special Players. Mas aqui no Sushi POP, vamos usar mais o termo Katokutai, pra facilitar. 


A formação traz Hyouri Takahashi (vocal e guitarra), Moroboshi Raidaan (baixo e vocal), Hideki Ryo (guitarra, teclados e vocal), Emi Sonne (teclados e vocal) e Hayata Mori (bateria). Os cinco amigos são entusiastas de tokusatsu em geral, mas acima de tudo, grandes fãs da franquia Ultraman.
Kagaku-tokusoutai, SSSP, Katokutai
Várias formas de chamar a mais promissora
banda do cenário dos temas de tokusatsu.
Depois de dois mini-álbuns com versões roqueiras de temas clássicos e um single autoral, eles estão dando um grande passo rumo ao estrelato. A Tsuburaya Pro, o estúdio que produz os Ultras, está promovendo o lançamento do álbum Ultraman The Rocks, o primeiro grande trabalho da Katokutai, a ser lançado no próximo dia 7 de junho, através da gravadora Tokuma Japan. Na capa, está estampado o selo comemorativo dos 50 anos das séries Ultra, uma prova do caráter oficial do lançamento. 

São 13 faixas que fazem parte do repertório da banda. Alguns temas ganharam novos arranjos e gravações e outros foram trazidos dos lançamentos independentes da Katokutai. O álbum também tem músicos convidados de renome, como a cantora Megumi Han, o baterista Hiroshi Kido e o tecladista Yasuhiko Fukuda


- Vídeo promocional de Ultraman The Rocks, com uma homenagem à abertura clássica do Ultraseven.

As gravações anteriores já eram devidamente autorizadas (senão teriam sido recolhidas), mas agora a Tsuburaya abraçou a Katokutai e está divulgando o trabalho como um produto oficial, não apenas autorizado, o que é muito diferente. Isso abre um universo de possibilidades para o quinteto, que pode vir a, futuramente, interpretar algum tema original. 

O som deles tem uma pegada punk-rock e seu entusiasmo é contagiante. É bacana poder acompanhar um trabalho feito com tanta paixão que está dando resultados. E isso é apenas o começo.

(- Agradecimentos ao blogueiro Usys222, que divulgou o lançamento em seu Twitter.)

ULTRAMAN THE ROCKS (Tracklist - a ordem pode sofrer alterações)
1) Ultra Seven no Utá ~ abertura da série
2) Ultraman A (Ace) ~ abertura da série
3) Brave Love, Tiga ~ encerramento da série 
4) Ultraman X ~ abertura da série
5) Ultraman Powered ~ abertura da série
6) Ultra Q Main Theme ~ abertura da série
7) Ultraman no Utá ~ abertura da série
8) Kaettekita Ultraman ~ abertura da série
9) Ultraman Taro ~ abertura da série
10) Ultraman Leo ~ abertura da série
11) Ultraman 80 ~ abertura da série
12) Cosmo Adventure ~ tema da animação infantil Ultraman Kids
13) Bokura no Great ~ abertura japonesa da série

- Composições de Kyouichi Azuma (Hajime Tsuburaya), Kunio Miyauchi, 
Toru Fuyuki, Koichi Sugiyama e outros.
Katokutai: Pavimentando o caminho rumo ao estrelato.
Saiba mais sobre a Katokutai:

Kagaku-Tokusoutai - A Patrulha Científica do Rock
O tema de Ultraman em versão rock! A Katokutai ataca novamente!

Site oficial: katokutai-band.com

::: E X T R A :::

Aqui, uma versão vibrante da música ULTRA SEVEN, que tem letra original em inglês e era uma canção folk que tocava em alguns episódios da série clássica (1967~68). Aqui, a música ganhou mais adrenalina e se incorporou ao repertório da Katokutai de modo brilhante. A faixa não está incluída no Ultraman The Rocks, mas nada impede que apareça futuramente em algum álbum. Fica o registro da emocionante versão ao vivo, com a participação do figuraça Yasuhiko Fukuda, tecladista e arranjador que trabalhou na versão original de Brave Love, Tiga




Dica de compra:

- Para quem estiver interessado em adquirir o álbum e prestigiar a Katokutai, clique no link abaixo:
(Página da loja virtual Play-Asia)

Obs. 1: Lá no site da Play-Asia ainda consta a data 12 de abril para o lançamento, mas a data foi oficialmente mudada para 7 de junho. 
Obs. 2: O Blog Sushi POP é afiliado de divulgação do sistema Play-Asia, mas não é responsável pela transação ou envio do CD. 

10 comentários:

Usys 222 disse...

A Katokutai é uma daquelas bandas que merecem apoio. Hyouri Takahashi em especial é divulgador do tokusatsu e faz entrevistas com gente do ramo com perguntas bem formuladas, pertinentes e divertidas.

Megumi Han foi a escolha certa para esse disco. Ela é grande fã das séries Ultra e chorou ao se encontrar com o primeiro Ultraman. E até foi carregada no colo pelo Tiga. Mais do que isso, ela foi o Seiji Hokuto e a Yuko Minami na versão Motion Comics de ULTRAMAN, além de ser o Eleking em Kaiju Girls. E ela vai cantar justo o tema do Ultraman Ace.
Pensar que ela também é a Cure Princess e a Midoninger. Agora só falta ela se tornar uma Kamen Rider para completar.

E incrível a rede de contatos que a Katokutai criou durante esse tempo, ao convidar músicos do ramo. São pessoas que muita gente nem conheceria, mas ainda assim foram chamados para esse projeto, o que mostra que a banda vê com atenção essa parte. Já encomendei o disco porque quero apoiar! E também porque adorei os arranjos que eles fizeram!

Alexandre Nagado disse...

Fala, Mr. Usys!

A imagem do Ultraseven e o selo dos 50 anos fazem toda a diferença! Gostaria de ver a Katokutai, futuramente, assinando um tema original de Ultras. E seria legal também ver a Katokutai fazendo parceria com o Voyager, que eu espero que continue ainda com a Tsuburaya.

Falando desses convidados, quem iria imaginar uma idol aficionada por Ultras, não é mesmo? Pelo visto, a Rena do mangá ULTRAMAN tem uma correspondente no mundo real.

E o convidado mais ligado ao mainstream é o baterista (e multi-instrumentista) Hiroshi Kido. O cara já tocou como colaborador até com o Dreams Come True, uma das bandas do seleto primeiro escalão da música japonesa. Uma idol renomada, um músico que trabalhou na trilha original do Tiga e um baterista de primeiro escalão. Com isso, a Katokutai mostra que está com um bom trânsito em vários segmentos da música japonesa. É muito legal estar acompanhando isso.

Valeu! Abraço!

Ricardo disse...

Ótima notícia. Desde que li sobre essa banda aqui no Blog fiquei torcendo para que algum dia a Tsuburaya a reconhecesse. Imagino a felicidade dos integrantes!

Espero que seja o primeiro de muitos projetos.

Alexandre Nagado disse...

Fala, Ricardo! Eles estão em um bom momento mesmo. Acho que chegaram onde queriam, mas há muito mais a conquistar.

Eu só espero que a espontaneidade e a pegada não sejam prejudicadas com a entrada deles em uma gravadora de renome. Sempre lembro do caso da banda Scandal, que era bem "de garagem" e tinha muito peso nas guitarras. Quando foram ao mainstream, foram sendo trabalhadas estetica e musicalmente. Foram cada vez mais se assemelhando a um grupo idol. A formatação que as gravadoras japonesas impõem a seus artistas é grande e praticamente não se consegue fugir disso. E mesmo os que mantêm um toque autoral e pessoal no trabalho e atitudes, precisam conviver com o constante controle de suas vidas.

Espero que a Katokutai mantenha o entusiasmo e que permaneçam unidos.

Valeu! Grande abraço!

Bruno Seidel disse...

Sensacional!!! Eis um lançamento que merece ser comemorado por todos fãs de Tokusatsu e Ultras! E a sensação descrita no início do post resume bem o sentimento: a Katoukutai é uma banda que conseguiu conquistar mais do que fãs e admiradores. Eles conquistaram uma torcida, que aprecia demais o som da banda e que se empolga em vê-la alçar voos cada vez maiores, com o devido merecimento.

Pelo visto, esse desejo em ver a banda tocar um tema original (de uma nova série, de preferência) se tornou uma unanimidade entre os fãs. Seria uma coroação incrível. Mas eu acho que vou um pouco além: gostaria de ver o quinteto ganhando uma participação em algum episódio ou em algum filme da franquia. Se lembrarmos que a AKB48 ganhou uma participação supervalorizada no filme Ultraman Saga, isso passa longe de ser um absurdo. Diferente das idols, a Katoukutai possui um envolvimento direto e de raiz com o universo Ultra. Eles sim mereciam tal participação.
Mas sabemos que o que mais conta aqui são os interesses comerciais e, nesse quesito, a Katokutai está a anos luz da AKB48. Infelizmente.

De qualquer forma, a história está sendo escrita e torço para que esteja recém nos primeiros capítulos!

Alexandre Nagado disse...

Fala, Bruno!

Os caras são fãs, mas estão sendo absurdamente profissionais. Parece que é só diversão, mas há muito trabalho árduo. O clipe de Redman é um primor pela homenagem bem humorada. E o do primeiro Ultraman é emocionante, até por ser estrelado pelo dublê original, o Bin Furuya.

Eles foram criando uma rede de contatos, o Hyouri Takahashi é muito engajado no meio tokusatsu e acreditem, a discreta Emi Sonne é muito mais do que uma tecladista que eventualmente canta. As coisas não estão acontecendo do nada e fico muito contente por ter, aqui no Sushi POP, não apenas ter apresentado a banda a várias pessoas, mas ter ajudado e despertar esse sentimento legal por eles. Com certeza, eles ainda vão aparecer mais por aqui, a exemplo de outros artistas pelos quais tenho grande apreço.

Obrigado pela participação. Abraço!

César Filho disse...

O reconhecimento da Tsuburaya é um marco para a banda Katokutai. Já é um passo para eles fazerem shows nos eventos fora do Japão. Assim espero e torço bastante. :D

Alexandre Nagado disse...

Olá, César!

Você tocou num ponto importante: com esse reconhecimento, abre-se a possibilidade da Katokutai excursionar para fora do país tocando temas de Ultras. Já pensou se um dia algum evento consegue trazê-los para cá? O fandom ainda não conhece muito eles, acho que só o Sushi POP deu destaque, mas com tantas séries Ultras já exibidas no Brasil (TV + Crunchyroll), seria sensacional poder ver um show deles.

Vamos torcer!

Abraço!

Aniki disse...

Reconhecimento mais do que merecido. Minha expectativa agora é que gravem alguma música para a futura série Ultraman Xead.

Alexandre Nagado disse...

Bem lembrado, Aniki! Estou de olho pra acompanhar o que for divulgado sobre esse novo Ultraman Xead. Se for como o X e o Orb, deve estrear em julho e já fico na expectativa de que também vá para o Crunchyroll.

Abraço!